terça-feira, 29 de junho de 2010

Cúpula de Mídia: conselho jovem propõe recomendações para 2013

Seis propostas de ação para a interface entre crianças, jovens e a mídia. Este foi o principal resultado da Cúpula Mundial de Mídia para Crianças e Adolescentes, realizada em Karlstad, na Suécia.

As recomendações foram formuladas pelos integrantes do Global Youth Media Council, uma espécie de conselho jovem, representativo de 20 países, criado para ser o porta-voz do público infanto-juvenil no evento.

A ideia dos 35 integrantes do conselho é que as propostas/recomendações sejam alcançadas até o ano de 2013, quando será realizada a próxima Cúpula Mundial de Mídia, desta vez em Bali, na Indonésia. (Em 2004 a cúpula foi realizada no Rio de Janeiro)

Confira as recomendações:

  • O acesso à internet
Governos, operadoras de telefonia móvel e empresas de multimídia devem trabalhar juntos para garantir acesso gratuito à internet ou a preços acessíveis nas escolas e bibliotecas.

  • Assegurar uma navegação segura na web
Escola deve ensinar crianças e jovens sobre os perigos da web.

  • Mais espaço para crianças e jovens na tomada de decisões
Mais artigos escritos por crianças e jovens em jornais nacionais e locais.

  • Cada país deve ter um Conselho da Juventude de mídia
Para comentar sobre o conteúdo de TV para crianças.

  • Representação negativa das crianças e dos jovens nos meios de comunicação
Os meios de comunicação devem adotar diretrizes éticas.

  • Midiaeducação
Educação para a mídia deve ser parte do currículo desde tenra idade em cada país.

  • Interesse comercial X Responsabilidade social
Somente produtos relacionados com o desenvolvimento das crianças podem ser linkados com a mídia voltada para as crianças.
Existência de mais canais de TV, jornal, rádio não comerciais e de interesses de crianças e jovens.

Fonte:RevistaPontoCom

Nenhum comentário:

Postar um comentário