segunda-feira, 25 de abril de 2011

Jovens preferem telemóveis e Internet à televisão

Veja abaixo matéria publicada no Sapo, portal de notícias português, sobre estudo da Ofcom (Inglaterra) a respeito dos hábitos dos jovens em relação às mídias.

Prova da mudança dos tempos, a maioria dos jovens entre os 16 e 24 anos preferiam ter de deixar de ver televisão do que ficar sem o telemóvel (celular) ou sem a Internet, segundo um estudo realizado pela Ofcom, a entidade britânica que regula o sector das telecomunicações.

Apenas 23% dos inquiridos afirmaram que se sentiriam incomodados se lhes tirassem a televisão, enquanto 28% estranhariam se ficassem sem o seu telemóvel e 26% se não pudessem aceder à Internet.

Esta foi a primeira vez que a televisão foi relegada para segundo plano nesta análise, realizada todos os anos pela Ofcom, face à restante "concorrência".

Na faixa etária dos 12 e 15 anos a "caixa mágica" volta a ser ultrapassada pelos telemóveis, que continuam a reunir 28% das preferências, empatando com a Internet, sobre a qual 24% dos inquiridos diz não prescindir.

Considerando a população em geral, a TV continua a ser o dispositivo sem o qual mais custaria aos britânicos viver, ainda que a percentagem de respostas nesse sentido tenha diminuído entre as duas últimas análises - de 50% em 2009 para os 44% em 2010, revela a Ofcom.

O estudo mostra igualmente que o tempo que os adultos passam na Internet aumentou das 12,2 horas por semana em 2009 para as 14,2 horas no ano passado.

Fonte: Sapo Tek/ Casa dos Bits 21/04/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário