quarta-feira, 25 de maio de 2011

Revolução espanhola

Os artistas espanhois Pepo Pérez e Santiago García criaram uma pequena história que explora os movimentos de estudantes pelas ruas de várias cidades da Espanha na última semana...


Os acampados da Porta do Sol (Madrid) inspiraram uma mobilização de dezenas de jovens em diferentes partes da Europa para exigir mudanças na economia e na política. Nas ruas os jovens alertam: "Temos de mudar. Há redução de salários. Os serviços sociais caminham para serem destruídos e privatizados. O Capitalismo está nos dominando".


Outra palavra de ordem gritada nas ruas: "Solidaridariedade e luta contra os Estados. Aos bancos salvam, aos pobre roubam. Ou te indignas ou te resignas".


Os protestos liderados pelos jovens nas ruas da espanha está sendo conhecido como "Movimento dos Indignados" e promete ir muito além das eleições deste final de semana: até que se produza uma mudança social justa para a maioria. O epicentro do movimento está na Porta do Sol, em Madrid.


O chamado quilômetro zero da Espanha é o simbolo de um movimento que levantou a voz do país que segue como uma das maiores vítimas da crise econômica e que tem hoje quase cinco milhões de desempregados (cerca de 21% da população econômicamente ativa).


O movimento cidadão assegura que não defende nenhuma ideologia e não pede votos para nenhum partido.

Fonte: Nona Arte/ Texto: Carlos Ely

Nenhum comentário:

Postar um comentário