sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Projeto resgata cidadania de jovens em conflito com a lei através de oficinas de vídeo



Meninos e meninas, com idade entre 14 e 18 anos, moradores do estado do Rio de Janeiro e em situação de conflito com a lei, têm a oportunidade de participarem do projeto TV Novo Degase, executado pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – CIEDS, em parceria com o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo DEGASE), órgão vinculado a Secretaria estadual de Educação. De caráter educativo, a TV tem o objetivo de resgatar a identidade, a autoestima e a cidadania destes adolescentes, por meio de atividades socioeducativas.


Sérgio Pereira, coordenador do Projeto TV Novo Degase, explica que o programa foi criado por Eduardo Caon, o qual se empenha pessoalmente em pedir na justiça a liberação dos/as jovens participantes do projeto, para as atividades realizadas fora do Degase. "[Eduardo Caon] está sempre em busca de novas idealizações que surpreendam os jovens”, ressalta. Além do Novo Degase, o Departamento de Ações Socioeducativas do governo do Rio de Janeiro também contribui nesta iniciativa.

Para fazerem parte do TV Degase, os/as alunos/as passam por uma seleção pedagógica e psicológica. Após essa seleção, participam de oficinas durante três meses onde aprendem a produzir, gravar e editar vídeos. As aulas são realizadas duas vezes por semana.

"As oficinas são importantes para os jovens, porque por meio dos vídeos que eles produzem, mostram os seus pontos de vista e quebram paradigmas, mostrando que são jovens como os outros, e possuem sonhos e desejos”, explica Sérgio.

Com as atividades, o coordenador afirma que já percebeu diversas mudanças no comportamento dos jovens. Segundo ele, muitos atenuaram a sua pena, outros se motivaram a estudar e batalhar por uma vida que eles consigam viver do seu próprio trabalho. "O audiovisual é um grande sedutor, ele trabalha praticamente todos os sentidos, você passa emoção, e consegue atingir essas crianças de uma forma muito positiva”, observa.

Sérgio conta que sua maior satisfação é quando conversa com um jovem e percebe que ele está em busca de oportunidades diferentes. "Eu tive uma aluna, que se chama Michele, ela conseguiu uma bolsa para estudar comunicação. Me marca bastante poder dividir com eles a felicidade e a empolgação de uma nova vida, como poder alugar um apartamento e viver do seu próprio trabalho”, relata.

Premiação
As atividades realizadas com estes adolescentes em conflito com a lei já produziram bons frutos aos participantes do projeto. Em 2011, o vídeo Loucura Sobre a natureza foi um dos quatro ganhadores do Festival Estética Central. Sérgio explicou que os jovens tiveram a iniciativa de se inscrever no Festival e que, depois de aceitos, participaram de uma oficina preparatória de produção de vídeo, realizada pelos organizadores do Festival. Essa preparação resultou em sete vídeos, entre eles o vencedor.

"Foi uma grata surpresa para os jovens, porque eles não se julgavam aptos a serem vencedores. Foi a primeira vez que eles participaram. Esse prêmio veio para intensificar a idéia de que existe um novo mundo lá fora”, explica.

Os adolescentes premiados pelo Festival Estética Central estão elaborando um novo vídeo, dessa vez será um documentário, que se chamará "Grades do berço”, e contará a vida deles. No vídeo, serão exibidos depoimentos dos pais dos criadores.

Para ter acesso aos vídeos produzidos pelos/as jovens do projeto TV Novo Degase, acesse:www.tvnovodegase.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário