quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

USP abre Especialização em Educomunicação

O CCA da ECA/USP abre primeira turma do curso “Educomunicação: Comunicação, Mídias e Educação

                O Departamento de Comunicação e Artes da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (CCA/ECA/USP) lança o curso de especializaçãoLato Sensu Educomunicação: Comunicação, Mídias e Educação.
                Este curso destina-se a profissionais de nível superior, de qualquer área do saber, que queiram mobilizar seus conhecimentos para o campo da Educomunicação e que tenham interesse em conhecer as bases dos processos comunicacionais, articulado as diversas mídias para compor estratégias globais de Educomunicação, ferramenta hoje indispensável ao êxito em qualquer setor da sociedade.
                Com este objetivo, pretendemos preparar profissionais capazes de atender às demandas dos setores da sociedade relacionados à interface Comunicação / Educação, aptos a atuar na educação básica, formal e não formal; no ensino superior; em organizações não governamentais e demais instituições do terceiro setor; em consultoria em veículos da mídia e na área da pesquisa e comunicação pública.
                O curso oferecerá aos alunos uma sólida formação teórica na área da Comunicação, suas teorias e linguagens, acompanhadas de aplicação prática.
                Oferecendo, inicialmente 60 vagas, com duração de três semestres, o Curso de Especialização Lato Sensu em Educomunicação tem início em abril de 2012. O processo seletivo ocorrerá no período de 05 a 22 de março de 2012.

Estrutura do Curso

                Com duração de três semestres letivos, o curso está dividido em três etapas de conteúdos, trabalhados ao longo de 600 horas de atividades acadêmicas. Uma primeira etapa, com aulas presenciais, desenvolverá em dois semestres uma sequência de 12 núcleos temáticos. Paralelamente, serão desenvolvidas atividades complementares, monitoradas pelo corpo docente, procurando um equilíbrio entre o processo de ensino e aprendizagem. O terceiro e último semestre letivo é voltado para a produção da monografia acadêmica, focada numa proposta de prática educomunicativa. Nessa etapa também serão realizados encontros e seminários/workshops, com o objetivo de auxiliar o aluno nas análises e conclusão de projeto.

Perfil

                O Educomunicador tem o perfil de um gestor de processos comunicacionais. Um profissional que conhece suficientemente as teorias e práticas da educação e também os modelos e procedimentos que envolvem o mundo da produção midiática e das tecnologias, para que possa exercer atividades de caráter transdisciplinar, tanto na docência quanto na coordenação de trabalhos de campo, na interface Comunicação/Educação e na intervenção social.
                Este profissional estará habilitado para gerir conflitos e a desenvolver processos, a planejar ações e a atuar com criatividade para encontrar soluções que melhorem os processos educativos / comunicacionais.

Informações e inscrições

Curso de Especialização Lato Sensu em Educomunicação
Período de Inscrição: de 05 a 16 de março de 2012
Valor do Curso: 18 parcelas de R$ 650,00 (seiscentos e cinquenta reais).
Pré-requisito: Nível superior em qualquer área do conhecimento
Telefone: (11) 3091-4341 (Kelly Sinhorini ou Sandra Alonso)
Fax: (11) 3091-4867

Bibliografia para o processo seletivo

Citelli, A. O. e Costa. M. C. C (Orgs.)Educomunicação: construindo uma nova área de conhecimento. São Paulo: Paulinas, 2011
Comunicação & EducaçãoRevista do curso Gestão da Comunicação, Ano XVI, n.1 jan/jun, São Paulo: Paulinas, 2011.
Comunicação & EducaçãoRevista do curso Gestão da Comunicação, Ano XVI, n.1 ago/dez, São Paulo: Paulinas, 2011.

2 comentários:

  1. Acredito que o curso seja bom, no entanto o preço é proibitivo para professores do ensino fundamental e médio.
    Nossos salários nos desabilitam!
    Att, Claudia FG

    ResponderExcluir
  2. Cláudia, sei que é difícil, mas será que vocês não conseguiriam uma ajuda de custo da direção da escola (se for privada) ou do Estado/Prefeitura, no caso de serem professores da rede pública?
    Sou daquelas que aposta primeiro em todas as opções antes de desistir. Será que não vale a pena preparar um documento com sua demanda, seu interesse, mostrar a importância do curso para a escola, etc
    Se der certo, ótimo. Se não der, não foi por falta de tentativa.
    Cristiane

    ResponderExcluir