sexta-feira, 11 de maio de 2012

"Latas pela cidade" - Dia Mundial da Fotografia Pinhole



2de abril foi o Dia Mundial da Fotografia Pinhole e para comemorar a data o ateliê português Imagerie - Casa de Imagens desenvolveu um belo projeto, além de extremamente criativo: a campanha "Latas na Cidade", com o objetivo de divulgar a fotografia pinhole. 

Os responsáveis pelo ateliê, Magda Fernandes e José Domingos, espalharam por Lisboa 18 latas gigantes com um adesivo escrito "Eu não sou uma lata, sou uma câmara fotográfica! Usa-me!". As pessoas podem pegar a lata levá-la para onde quiserem, fotografar e depois deixá-las novamente no lugar.

No dia 29 de abril as latas foram recolhidas e o resultado, se der tudo certo, com imagens com qualidade, será uma exposição. Em cada lata há também espaço para os fotógrafos amadores ou não deixarem seus nomes, contatos e título da foto.

O projeto tem uma página do Facebook com várias imagens e um mapa de onde as latas foram deixadas.



Em depoimento à agência de notícias portuguesa Lusa, Magda Fernandes afirmou: "Queremos fazer com que as pessoas percebam que a fotografia pode ser uma coisa mais simples e ao mesmo tempo mais mágica, porque não é tecnológica. Uma câmara fotográfica pode ser uma coisa tão básica como uma lata e tem um tempo próprio, porque não tiramos uma fotografia e ela fica logo disponível, é preciso pensar mais e demorar mais tempo a fazer a fotografia e nós queríamos partilhar isso com as pessoas".


Descrição (Via Facebook - Latas na Cidade e http://www.imagerieonline.com/wppd2012latasnacidade.html)

"LATAS NA CIDADE"
Por Lisboa durante o mês de Abril
Eu não sou uma lata, sou uma câmara fotográfica! Usa-me!
Este é um projeto que visa a divulgação da fotografia pinhole (+info) através da provocação da curiosidade dos habitantes e visitantes da cidade de Lisboa. Em locais estratégicos espalhados pela cidade, poder-se-ão encontrar diversas latas transformadas em câmaras fotográficas à disposição de qualquer transeunte mais curioso. O processo é simples – basta seguir as instruções descritas na lata, e deixá-la no mesmo local. Em alternativa, é possível entregar a lata no ateliê Imagerie, onde as pessoas terão oportunidade de ver uma exposição coletiva dedicada à fotografia estenopeica (+informação), e saber um pouco mais sobre esta técnica. O objetivo é criar uma obra coletiva, à escala da cidade, e sensibilizar as pessoas para uma forma diferente de encarar a fotografia, com resultados interessantes e surpreendentes, com um tempo muito próprio, longe do imediatismo e aspeto plástico criado pelas novas tecnologias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário