quarta-feira, 27 de junho de 2012

Um futuro para o jornal impresso - JOCA: Jornal da Criança

Magia de Ler /
Por Cristiane Parente
Há quanto tempo, nas mesas de apostas, veem-se disputas sobre quem acerta a data em que o jornal impresso deixará de existir, migrando totalmente para o suporte online? Mais ainda. Dizem que o jornal impresso não tem conquistado novos leitores, especialmente crianças e jovens.
Na contramão desse falatório, surgiu o JOCA - Jornal da Criança, no final de 2011, impresso e editado pela Editora Magia de Ler, cujas quatro primeiras edições foram mensais e, a partir da quinta, já se tornou quinzenal.
Inspirado em publicações europeias para crianças, como as editadas pelo grupo francês Play Bac Presse, que edita o Mon Quotidien, Le Petit Quotidien e L’Actu, entre outras editoras, o JOCA é voltado ao público de oito a 12 anos e possui oito páginas coloridas, com assuntos que vão de radiação nuclear a revolta árabe; de pirataria a trem-bala; de tornados a Oscar de pior filme; da luta pela independência do Sudão a cuidados com o meio-ambiente. A ideia é tratar a criança como leitor inteligente. E também autor, já que há uma seção em que ela escreve, entrevista e é repórter-mirim do jornal.
Por enquanto, a publicação circula na capital paulista e é vendida por assinatura. Mas em breve poderá ser encontrada nas bancas e em outras cidades brasileiras, com exceção dos meses de férias escolares.
Segundo a franco-alemã de coração brasileiro Stéphanie Habrich, diretora da Magia de Ler, o objetivo do jornal é levar ao público leitor infantil notícias atuais e de forma segura, já que todas as informações e fotos são apropriadas para o público do jornal. Assim, pais e educadores podem ficar tranquilos com o que seus pupilos estão lendo. Além disso, as crianças adoram receber o jornal em casa, com o seu nome.
O JOCA também terá em breve sua versão digital, como qualquer site de notícias. Habrich fala sobre o segredo para se fazer um bom jornal para crianças: “Tratar a criança à altura que ela merece. As crianças adoram estar informadas e não podem deixar de ficar atualizadas simplesmente pelo fato de não ter um veículo adequado”.
Junto com o JOCA circula um suplemento voltado a pais e educadores. A ideia é que haja textos de especialistas com dicas de como trabalhar alguns conteúdos do JOCA, além de artigos sobre leitura, comportamento, direitos da infância, etc
A Editora Magia de Ler publica também Toca e Peteca (lançados em 2007) e tem trabalhado com os melhores ilustradores brasileiros como Elisabeth Teixeira, Eva Furnari, Mariana Massarani e Suppa, entre outros. Para conhecer mais sobre a editora, acesse seu site

Nenhum comentário:

Postar um comentário