sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CAMECO disponibiliza resenhas de obras sobre comunicação de 140 países




A organização CAMECO - Catholic Media Council, com sede em Aachen, Alemanha, acaba de disponibilizar, na Internet, um volume digital com informações a respeito de 311 livros sobre comumicação publicados em 140 países. 

Dez desses volumes foram editados no Brasil ou fazem referências a estudos sobre a mídia brasileira. O título da publicação é: Media & Communications in Africa, Asia, Latin America, Eastern Europe and the Middle East. O coordenador do trabalho é Christoph Dietz <christoph.dietz@cameco.org>.

O material pode ser acessado no endereço http://camecolibrary.faust-web.de Se o leitor tiver dificuldade para acessar pode contatar o editor.


Reproduzimos cinco dessas referências sobre livros publicados no Brasil, Argentina, Colombia e Portugal, com algum interesse para a prática educomunicativa, mantendo o número de catálogo para fácil reconhecimento.

24. Adolescentes em conflito com a lei: guia de referência para a cobertura jornalística. Brasilia: ANDI; Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, 2012, 134 p. (Série
Jornalista Amigo da Criança) subjects: media coverage of youth; crime & violence reporting - Brazil - training materials
0a%20lei%20-%20Guia%20de%20refer%C3%AAncia%20para%20a%20cobertura%20jornal%C3%ADstica.pdf

25. Mónica E. Pini et al.: Consumos culturales digitales: jóvenes de 13 a 18 años. Buenos Aires: Ministerio de Educación de la Nación; Educ.ar, 2012, 100 p. (TIC para la
inclusión) 
subjects: youth and internet / ICTs; internet & social media use: youth; video and computer games; media consumption - Argentina - literature survey
L1.pdf

26. Luis Felipe Correa Agudelo, Andrés David López Vargas: La radio escolar como una estrategia de enseñanza - aprendizaje en el colegio Hernando Vélez Marulanda.
Pereira, Colombia: Universidad Tecnológica de Pereira, Facultad de Educación, Licenciatura en Comunicación e Informática Educativas, 2011, 128 p. 
subjects: school radios - Colombia

27. Veet Vivarta (coord.): Infância e comunicação: referências para o marco legal e as políticas públicas brasileiras. Brasilia : ANDI, 2011, 128 p.
Conteúdos: 1. Educação para a mídia no âmbito do sistema de ensino; 2. Estímulo à
produção de conteúdos de qualidade; 3. Programação regional e nacional; 4. Crianças e
adolescentes participando da produção de conteúdos; 5. Regulação de exibição de
imagens e identificação/identidade de crianças e adolescentes; 6. Avaliação sistemática
dos impactos gerados pelos conteúdos audiovisuais; 7. Estabelecimento de faixas de
horários e de faixas etárias (Classificação Indicativa); 8. Regulação da publicidade
dirigida às crianças; 9. Trabalho infantil artístico nos meios de comunicação; 10. Novas
Tecnologias – promoção da inclusão e estratégias de proteção.
subjects: children and media; media literacy: children; children's media; child protection
/ protection of minors; media policies - Brazil

310. Carlos Eduardo Esch, Nélia del Bianco: Digital radio in Brazil: analysis of an unfinished debate. In: M. Oliveira; P. Portela; L. A. Santos (eds.): Radio evolution: conference
proceedings. September, 14-16, 2011. Braga, Portugal: University of Minho, Communication and Society Research Centre, 2012, p. 141-154
Government and radio broadcasting stations have been debating the model of digital
transmission to be adopted in Brazil, without having come to a consensus. The impasse
is related to the technological characteristics of the available systems (HD Radio, DRM,
and DAB) that are not integrally adaptable to the model of radio broadcasting, to the
regulatory laws, and to the rules of the radio market in the country. Tests done with HD
Radio revealed that the digital system does not provide the same coverage as a quality
analogical AM radio. Other aspects are the technical conditions of the Brazilian
broadcasting stations and their adaptability to a digital system: 37% of them still
function with valve transmitters, most of them being between AM commercial and
public radios. As they are broadcasting stations with few resources for investment in
transistorized equipment, it will be necessary to create public policies of incentive for
digitalization, which would collaborate to the sustainability of the sector. The data are
integrated into national research, based on a sample of 750 stations, which
corresponds to 96.42% of the profile of the Brazilian radio market. (source: abstract)

Nenhum comentário:

Postar um comentário