quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

ONU marca Dia Mundial do Rádio


Data celebra meio que revolucionou a forma como todos se comunicam e que se mantém na linha de frente no século 21.
Foto: Unesco
Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.
O Dia Mundial do Rádio, neste 13 de fevereiro, presta homenagem a um meio de comunicação, que apesar da evolução das últimas décadas, continua sendo um dos veículos mais importantes do século 21.
O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, ao dar um depoimento pessoal, disse que o aparelho ajudou a abrir "seus olhos e ouvidos para o mundo."
Educação
Em mensagem sobre a data especial, Ban afirmou que o rádio diverte, educa, informa e dá asas à imaginação.
Em situações de conflito ou crise, o chefe da ONU declarou que o meio de comunicação serve como uma espécie de "salva-vidas para as comunidades mais carentes."
Revolução
O Dia Mundial do Rádio foi aprovado pela Assembleia Geral e é dirigido na ONU pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco. A diretora-geral da agência, Irina Bokova, disse que o rádio incorporou a revolução digital para expandir seu poder e alcance.
Bokova afirmou que desde o nascimento do rádio no século 19, o aparelho não envelheceu e continua amplamente acessível, barato e muito simples de se usar.
Bokova declarou que é por isso que a Unesco trabalha na proteção dos jornalistas no mundo inteiro e apoia uma mídia livre e independente.
O Dia Mundial do Rádio está sendo comemorado com uma série de eventos em várias partes do mundo, mesas redondas e reportagens especiais produzidas pelas redações internacionais da Rádio ONU em Nova York.

Nenhum comentário:

Postar um comentário