terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Projeto Mais Educomunicação foi contemplado com edital do Instituto C&A


Projeto Mais Educomunicação, proposto pela Viração Educomunicação e Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadores (Renajoc), foi um dos contemplados com o edital do programa Redes e Alianças do Instituto C&A, que esteve aberto entre 5 de novembro e 20 de dezembro de 2012, tendo acolhido 167 inscrições vindas de instituições de 20 Estados e do Distrito Federal.
Por meio do edital, foram selecionados projetos elaborados por redes, coletivos de instituições, movimentos, grupos de trabalho, fóruns e coalizões, geridos e desenvolvidos coletivamente por instituições sociais articuladas entre si. Tal composição é chamada pelo Instituto C&A de “projeto de rede”. O conceito de rede, por sua vez, é entendido como um padrão organizacional produzido por dinâmicas de conectividade, no qual agentes autônomos (pessoas e/ou instituições) se interligam de forma horizontal para cooperar.
Os projetos selecionados realizarão ações de atuação social em redes voltadas à educação da criança e do adolescente relacionadas à promoção de direitos, à defesa de direitos e/ou ao controle social. Os projetos serão desenvolvidos entre fevereiro e dezembro de 2013. Cada iniciativa escolhida receberá até R$ 160 mil em apoio.
O processo de seleção foi conduzido por um comitê de seleção formado por pessoas indicadas pelo Instituto C&A, com experiência na área de redes. Entre os critérios de seleção estavam a consistência da proposta e relevância das ações relativas ao tema da educação de crianças e adolescentes, a presença de instâncias colaborativas e de formação técnica e política do grupo, visão e modus operandi para o trabalho colaborativo com outras organizações-membro da rede, composição de equipe de trabalho e distribuição de responsabilidades para operacionalização do trabalho em rede e da rede e viabilidade financeira.
O programa Redes e Alianças do Instituto C&A visa promover a cooperação, a convergência e a multiplicação de esforços entre instituições, organizações e pessoas, de modo a contribuir para a garantia do direito à educação das crianças e dos adolescentes no Brasil.
Veja abaixo a relação de iniciativas selecionadas no edital para apoio a projetos de atuação social em rede em 2013:
* Projeto Aliança Nacional dos Adolescentes contra a Exploração Sexual, proposto pela Associação Barraca da Amizade, de Fortaleza (CE).
* Projeto Construindo em Rede: Elaboração do Plano Municipal pela Primeira Infância em Nova Iguaçu, proposto pela Solidariedade França-Brasil, do Rio de Janeiro (RJ).
* Projeto de Mobilização e Monitoramento das Políticas Públicas de Educação na Rede Chapada e Semiárido, proposto pelo Instituto Chapada de Educação e Pesquisa, de Palmeiras (BA).
* Projeto Medida de Paz, proposto pela Agência de Notícias da Infância Matraca, de São Luís (MA).
* Projeto Observatório da Criança e do Adolescente (OCA), proposto pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos, de Brasília (DF).
* Projeto Mais Educomunicação, proposto pela Viração Educomunicação, de São Paulo (SP).
* Projeto Fórum das Juventudes da Grande BH, proposto pela Associação Imagem Comunitária, de Belo Horizonte (MG).
* Projeto Rede Escola Cidadã, proposto pela Fundação Instituto para o Desenvolvimento da Amazônia (Fidesa), de Belém (PA).
Fonte: Licenciatura em Educomunicação/ ECA-USP (http://www.cca.eca.usp.br/cca_noticia/1720)

Nenhum comentário:

Postar um comentário