domingo, 14 de abril de 2013

Ciranda promove oficinas de análise de mídia pelo Paraná


Participantes discutem retratos da infância e adolescência feitos por cinco jornais do estado

Contribuir para a compreensão, a ampliação e a qualificação da cobertura jornalística e do debate público sobre infância e adolescência no Paraná. Este é o objetivo do projeto “Infância na Mídia”, desenvolvido pela Ciranda, que monitorou todas as matérias publicadas com o tema em cinco grandes jornais do estado ao longo de 2012. A entidade inicia no dia 10 de abril uma série de oficinas em diversos municípios com a intenção de realizar uma análise coletiva desse material e discutir os retratos das crianças e dos adolescentes feitos pela imprensa paranaense no último ano. 

“Vamos reunir meninas e meninos, jornalistas, estudantes de comunicação,especialistas e atores do Sistema de Garantia de Direitos para ver esses diferentes olhares sobre a atuação dos veículos”, diz Douglas Moreira, um dos responsáveis pela pesquisa. Segundo ele, as oficinas terão uma dinâmica interativa para estimular a participação de todos os públicos. Estão sendo abertas 20 vagas para cada oficina. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos links abaixo.
Mídia e direitos humanos
Os meios de comunicação têm um papel fundamental para informar, sensibilizar e mobilizar a sociedade em torno da garantia dos direitos humanos, especialmente de crianças e adolescentes. De acordo com Moreira, “a Ciranda busca acompanhar se esse papel está sendo cumprido e desenvolve um conjunto de ações para estimular que profissionais e empresas jornalísticas façam uma cobertura de qualidade, que promova e defenda os direitos historicamente conquistados”. 
As oficinas de análise de mídia terão como foco matérias sobre ato infracional e violências contra crianças e adolescentes. “São dois temas delicados, que exigem um investimento para que os veículos produzam informações contextualizadas e assim incentivem uma visão social mais crítica”, aponta o pesquisador. Os debates das oficinas, juntamente com os dados analisados pela equipe do projeto e colaboradores, serão sistematizados em um livro com lançamento em breve.
O projeto Infância na Mídia foi aprovado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA/PR) e é realizado com recursos da Petrobras repassados ao Fundo da Infância e Adolescência. As oficinas contam também como apoio do Ministério Público de Maringá, Faculdade Sul Brasul (Fasul)Faculdade Assis Gurgacz (FAG)Guarda Mirim de Foz do IguaçuEscola Profissional e Social do Menor de Londrina (Epesmel)Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e Gazeta do Povo.
SERVIÇO
O quê: Oficinas de análise de mídia
Quando e onde:
        Dia 10 de abril, às 14h – Maringá, no Ministério Público
        Dia 11 de abril, às 14h – Toledo, na Fasul
        Dia 12 de abril, às 14h30 – Cascavel, na FAG
        Dia 15 de abril, às 9h – Foz do Iguaçu, na Guarda Mirim
        Dia 16 de abril, às 14h – Londrina, na Epesmel
        Dia 17 de abril, às 14h – Ponta Grossa, na UEPG
        Dia 18 de abril, às 9h00 – Paranaguá (local a confirmar)
Informações:(41) 3023-3925, com Ariene Rodrigues, ou pelo e-mail comunicacao@ciranda.org.br.
Fonte: CCA/ECA/USP

Nenhum comentário:

Postar um comentário