terça-feira, 23 de abril de 2013

Os melhores e piores empregos para 2013

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (23) pelo site norte-americano especializado em carreiras, CareerCast.com, revelou as melhores e piores profissões de 2013. Entre as 200 listadas, o atuário, especialista em mensurar e administrar riscos, foi considerado o melhor emprego para este ano. Na contramão, o repórter de jornal apareceu na última posição.
O levantamento combinou indicadores como salários médios, nível de estresse, perspectiva na carreira, ambiente de trabalho e demandas físicas. No topo da lista, o atuário tem uma renda anual média de US$ 87,6 mil, além de 27% de projeção de crescimento.
Completando as cinco melhores profissões para este ano, ainda aparecem o engenheiro biomédico, engenheiro de software, fonoaudiólogo e consultor financeiro. Já entre as piores profissões, o repórter de jornal impresso ficou na última posição, atrás de lenhador, leiteiro, garçom e doméstica.
De acordo com o estudo, com redações e orçamentos cada vez menores, os jornais impressos ainda têm de enfrentar a concorrência implacável da internet. “Os avanços tecnológicos ameaçam a existência de jornais impressos tradicionais”, afirmou o site. Como resultado, o número de empregos na área deverá cair 6% até 2020.
A profissão de atuária foi considerada a melhor para 2013, com uma renda anual média de US$ 87,6 mil (Getty Images)
Confira abaixo as 20 melhores e piores profissões listadas no relatório:
Melhores profissõesPiores profissões
*CareerCast.com
AtuárioRepórter (Jornal)
Engenheiro biomédicoLenhador
Engenheiro de softwareSoldado
FonoaudiólogoAtor
Consultor financeiroTrabalhador de refinaria de petróleo
Higienista dental Leiteiro
Terapeuta ocupacional Leitor de água e luz
Optometrista Carteiro 
Fisioterapeuta Carpinteiro 
Analistas de sistemas da computação Comissário de vôo 
Quiroprático Agricultor
Fonoaudiólogo Agente penitenciário 
Fisiologista Fotojornalista 
Professor universitário Lavador de pratos 
Médico veterinárioPreparador de imposto 
Nutricionista Garçom 
Farmacêutico Radialista
Matemático Açougueiro 
Sociólogo Designer de Moda 
Estatístico Doméstica 
Fonte: InfoMoney/Luiza Belloni Veronesi

Na matéria original, publicada na versão online do The Wall Street Journal, há a lista das 200 piores profissões e o repórter de Redação está (infelizmente) ocupando a pior posição. Veja a lista completa das profissões aqui: http://online.wsj.com/article/SB10001424127887324874204578439154095008558.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário