quarta-feira, 29 de maio de 2013

Membros do NCE presentes em Congresso sobre Literacia, Media e Cidadania, em Portugal


Os pesquisadores Claudia Mogadouro, Marciel Consani, Silene Lourenço, Eliany Sanvatierra e Antonia Alves participaram com paper, entre 10 e 11 de maio de 2013, do  II Congresso sobre Literacia, Media e Cidadania, ocorrido no Pavilhão do Conhecimento do Parque das Nações de Lisboa, em Portugal.
O evento foi organizado pelo Grupo de Trabalho Informal sobre a Literacia para os Media (GILM), do qual fazem parte a Comissão Nacional da Unesco (ONU), o Conselho Nacional de Educação (CNE), a Direção-Geral da Educação, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, o Gabinete para os Meios de Comunicação Social (GMCS), a Rádio e Televisão de Portugal e a Universidade do Minho (Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade).
O objetivo do Congresso foi o de proporcionar “um momento privilegiado de reflexão e debate sobre como tornar os cidadãos cada vez mais esclarecidos e críticos face aos media e ao ecossistema mediático a que estão sujeitos” (http://literaciamediatica.pt/congresso/programa-20130509-124617)
Educomunicação
Os pesquisadores do NCE/USP apresentaram relatos de experiência e reflexões teóricas, demonstrando como as questões em pauta durante o Congresso estão sendo paradigmaticamente trabalhadas no Brasil, como ocorreu com os trabalhos apresentados por Antônia Alves Pereira e Silene Lourenço (“Educomunicação: das práticas alternativas à educação formal. Perspetivas e desafios.”) e Silene Lourenço (“Educomunicação e a Transformação da Política”), documentados nos resumos disponibilizados no site do evento:  http://literaciamediatica.pt/congresso/livro-de-resumos.
Literacia midiática ou educomunicação?
Durante o evento, a professora Eliany Salvatierra Machado apresentou trabalho intitulado “Educomunicação ou Literacia? Dois campos ou um?”. A proposta do trabalho foi a de analisar, em conjunto com os pesquisadores de Portugal, a possibilidade dos trabalhos desenvolvidos sob a identidade de “Literacia Mediática” (também denominada como “Comunicação e Educação”, “Educação para os Meios” ou “Mídia e Educação”), passem a ser designados por uma única denominação. O objetivo do trabalho foi a de colocar o campo da educomunicação no debate em torno de seu reconhecimento político e acadêmico, ou mesmo, econômico, levando em conta o surgimento do novo profissional  conhecido como "educomunicador".

Nenhum comentário:

Postar um comentário