sexta-feira, 6 de setembro de 2013

V Encontro revela: um milhão e duzentos mil alunos já se aproximaram da educomunicação, no Brasil


Um total de 28 experiências educomunicativas de 12 diferentes estados brasileiros e um conjunto de 30 Posters sobre programas em desenvolimento no país somam-se às 12 palestras em quatro mesas redondas e aos 60 Papers previstos para as 20 painéis. O evento ocorre entre 19 e 21 de setembro, no espaço da FAPCOM, Vila Mariana, São Paulo. A programação do V Encontro Brasileiro de Educomunicação contempla, ainda, na sessão de abertura, uma homenagem a Pablo Ramos e a Juan Diaz Bordenave, precursores da educomunicação, na América Latina.


Estrutra do evento

O V Encontro, dedicado ao tema da Educomunicação midiática e políticas públicas, reservou a manhãs do dia 20 de setembro para abordar dois tópicos julgados de vital importância pelos promotores do eventoAconstrução de espaço público para crianças e jovens e a Educomunicação nas políticas públicas de Educação.

Espaço público para crianças e jovens: impasses e perspectivas

O tema dos espaço público será abordado por um pesquisador e por dois gestores de canais de televisão. O primeiro, Marcus Tavares, Rio de Janeiro, RJ, abordará, a partir de sua tese doutoral, os impasses na construção da política pública de produção audiovisual para crianças, no Brasil. Por seu turno, os jornalistas Eduardo Castro, Diretor Geral da EBC – Empresa Brasileira de Comunicação – TV Brasil,  e Lucia Araújo, Gerente Geral do Canal Futura, apresentarão os caminhos percorridos pelas emissoras que dirigem no sentido de abrir espaços de participação, numa perspectiva educomunicativa. O Prof. Ismar de Oliveira Soares coordena o debate.

Educomunicação nas políticas públicas de Educação

Sob a mediação da Profa. Marília Franco, o tema da “Educomunicação nas políticas públicas de Educação” será abordado numa perspectiva internacional, com Adauto Cândido Soares, falando sobre  como UNESCO entende as políticas públicas na área da comunicação, infância e juventude. Na sequência,  o Diretor da DOT, SME da Prefeitura de São Paulo, Prof.   Fernando José Almeida, abordará o tema das tecnologias da informação e das práticas de educomunicação na rede municipal de ensino de São Paulo. A primeira mesa redonda do V Encontro contará, por fim, com, a presença do governo Ferderal através da intervenção da Profa.Cíntia Ines Boll, da Secretaria de Educação Basica-MEC, que falará sobreInformação, Comunicação e Práticas de Educomunicação no Programa Mais Educação.

Mais Educação: educomunicação chega a um milhão e duzentos mil alunos, em todo o Brasil

A presença do conceito e da prática da educomuncação no Programa Mais Educação do MEC é objeto de uma dissertação de mestrado, de autoria de Daniele Próspero, a ser defendido na Escola de Comunicações e Artes, às vésperas do V Encontro, no dia 18 de setembro. Segundo a pesquisa mais de 6 mil escolas em todo o país já se aproximaram do conceito da educomunicação, através de mais de 7 mil projetos em desenvolvimento, beneficiando um total de  um milhão e duzentos mil alunos, em todos os estados da federação. Este e outros dados sobre o avanço da educomunicação circularão ao longo da programação do evento.

Informações sobre a programação: http://educomunicacao2013.blogspot.com.br/p/apoio.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário