Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

"Comunicação, Cidadania e Educação" - 10 anos na Universidade do Minho/Portugal

Nosso blog se congratula com a Universidade do Minho que há quase 10 anos, através de seu "Senado Universitário", decidiu criar o Curso de Mestrado em Ciências da Comunicação, tendo como área de especialização Comunicação, Cidadania e Educação. A medida está na ata da reunião do senado de 24 de Julho de 2000 (Resolução nº 20/00) e o curso teve sua sessão inaugural na abertura do segundo semestre de 2002-2003, com a participação do prof. José Manuel Pérez Tornero, diretor de um mestrado análogo na Universidade Autónoma de Barcelona, e do qual eu (Cristiane Parente), que vos escrevo, tive o prazer de ser aluna.

O curso da Universidade do Minho teve várias edições e deu origem a diversos estudos relevantes, segundo o professor Manuel Pinho, nossa fonte nesse texto. É ele quem explica que o curso "só foi interrompido ou descontinuado quando o Departamento se orientou para a adaptação de toda a oferta formativa ao chamado modelo de Bolonha, quando foi decidido que "Co…

Prepare-se para a Festa Literária Internacional de Paraty

Imagem
A Festa Literária Internacional de Paraty ou FLIP acontece este ano de 4 a 8 de agosto e a programação está uma tentação para os amantes das letras. Só pra você ficar com gostinho de FLIP, dá uma olhada no que separamos:

Dia 4 - Abertura
19h - Conferência de abertura
Casa-grande e Senzala: um livro perene
Conferencista: Fernando Henrique Cardoso
Debatedor: Luiz Felipe de Alencastro

Dia 5
19h30 - Mesa 5
O livro: capítulo 1
Peter Burke e Robert Darnton
Mediação: Lilia Schwarcz
“O segundo livro publicado na imprensa de Gutenberg era sobre a morte do mercado editorial”, diz uma piada corrente no meio literário. Na primeira das duas mesas dedicadas ao destino do livro este ano em Paraty, dois dos mais respeitados historiadores da atualidade, ambos especialistas em história da leitura e da mídia, mostram como essa discussão remonta aos primórdios da era moderna e está longe de se resumir a Ipads, Kindles e outras novidades tecnológicas.

Dia 6
10h - Mesa 6
O livro: capítulo 2
Robert Darnton e John Makins…

Pesquisa mostra pais mais conscientes de sua responsabilidade na educação dos filhos

Uma pesquisa inédita, realizada pelo Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (Pnud), desenhou o comportamento dos pais em relação à responsabilidade com a educação dos filhos. De acordo com a pesquisa, os pais creditam a eles 77,22% da influência sobre desempenho escolar dos filhos.

O estudo, feito em parceria com o Instituto Paulo Montenegro do Ibope e a Faculdade Mackenzie, define e analisa os valores dos brasileiros. Voluntários da ONU passaram por 300 cidades e entrevistaram 4.017 pessoas, das quais a maior parte (62,24%) tinha filhos. O objetivo da análise na área de educação era entender a relação entre valores e os problemas da esfera pública de ensino no Brasil.

Os pais entrevistados pela pesquisa apontaram também que o principal papel deles em relação aos filhos é “ensinar valores” (33,2%), seguido de “assegurar uma educação de qualidade” (27,8%) e “cuidar da saúde e alimentação” (14%).

Apesar de reconhecerem sua responsabilidade em relação à educação dos filhos, uma par…

Switch on!

Olha que dica legal que pegamos com o pessoal do Blog Educomunicação:

A entidade de regulação dos media audiovisuais do Reino Unido, Ofcom, acaba de anunciar a publicação de ‘Switch On!’, um recurso de aprendizagem destinado a apoiar a formação para a literacia mediática, e especialmente destinadas a profissionais ligados ao ensino ou cuidado de pessoas com dificuldades de aprendizagem.

Grande parte do material foi concebido para apoiar a aprendizagem informal numa grande variedade de contextos.

A publicação ocorre durante a Adult Learners’ Week. O documento foi elaborado por Marion Janner e Cary Bazalgette e está disponível para download no site da Ofcom: www.ofcom.org.uk/advice/media_literacy/medlitpub/switch-on/

Media Smart europeu com novo site

Imagem
O programa Media Smart acaba de lançar o seu novo website europeu, através do qual é possível encontrar informações sobre projetos e recursos.
O programa propõe-se a contribuir para uma abordagem crítica e esclarecida da publicidade, focando particularmente crianças de 6 a 11 anos. Nessa medida considera-se um programa de "literacia mediática".
O Media Smart encontra-se atualmente presente em oito países europeus, entre os quais Portugal, onde conta com o patrocínio da APAN (Associação Portuguesa de Anunciantes) e com o apoio do Ministério da Educação.

Fonte: Educomunicação/ Ofcom - Media Literacy Bulletin

Artigos do próximo número da revista Digital Culture & Education já estão disponíveis

Já estão disponíveis dois artigos do nº 2 da revista Digital Culture & Education, que acaba de sair.

* The language of Webkinz: Early childhood literacy in an online virtual world, de Rebecca W. Black, que você pode ler clicando aqui
E
* Classroom uses of social network sites: Traditional practices or new literacies?, de Maryam Moayeri, que você acessa clicando aqui

Para quem se interessar, o site da revista é www.digitalcultureandeducation.com/
Boas leituras!!!

2° Educação em Pauta – Inscrições Abertas

Imagem
O Todos Pela Educação, em parceria com o Instituto Unibanco e apoio da ANDI, realizará no dia 16 de junho, o 2° Educação em Pauta , com o tema “A Crise na Audiência no Ensino Médio – Abandono e Evasão”.

O encontro, que acontece no Itaú Cultural, em São Paulo, é destinado a jornalistas que trabalham na área. As inscrições estão abertas até o dia 11 de junho e as vagas são limitadas.Programação completa:
2º Educação em Pauta - A Crise de Audiência no Ensino Médio: Abandono e Evasão
Data: 16 de junho de 2010

9h00-9h15: Credenciamento dos convidados

9h15-9h45: Abertura com Mozart Neves Ramos, presidente-executivo do Todos Pela Educação, e Wanda Engel, superintendente-executiva do Instituto Unibanco

9h45-10h45: Apresentação da publicação e principais destaques sobre o problema do abandono e da evasão: Wanda Engel; Elaine Pazello, diretora de Estudos Educacionais do INEP; e Ricardo Paes de Barros, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, IPEA

10h45-11h00: Intervalo

11h00-11h45: Exposição espec…

Livro sobre a TV educativa e cultural nos países ibero-mericanos

Imagem
Sob a coordenação dos catedráticos da Universidad Autónoma de Barcelona Lorenzo Vilches e José Manuel Pérez Tornero, foi apresentado em Sevilha, no dia 13 de maio, o "Libro blanco sobre la Televisión Educativa y Cultural".

«Es la primera publicación de conjunto sobre este tipo de televisiones que operan en Iberoamérica. Este libro es un balance provisional y parcial del camino recorrido en las últimas décadas por las televisiones de Argentina, Brasil, Chile, Colombia, México, España, Perú, Portugal, Uruguay, Venezuela. Describe el origen, contexto y estado actual de las Televisiones educativas y culturales – TEC – en 10 países Iberoamericanos. (...) El estudio correspondiente a cada país presenta inicialmente una descripción del sistema general audiovisual dando cuenta de su organización, principales actores e impacto en públicos y audiencias, así como una visión general de las tendencias de programación y producción.» O livro é editado pela Gedisa, podendo ser adquirido atra…

Não Contem com o Fim do Livro

Imagem
Peguei a dica de livro com a Nélida Capela e seu maravilhoso Lector in Fabula. Agora é hora da gente conferir e opinar. O texto abaixo é da editora Record.“(...) o “e-book” não matará o livro — como Gutenberg e sua genial invenção não suprimiram de um dia para o outro o uso dos códices, nem este o comércio dos rolos de papiros ou volumina. Os usos e costumes coexistem e nada nos apetece mais do que alargar o leque dos possíveis. O filme matou o quadro? A televisão o cinema? Boas-vindas então às pranchetas e periféricos de leitura que nos dão acesso, através de uma única tela, à biblioteca universal doravante digitalizada.” Do papiro ao arquivo eletrônico, Umberto Eco e Jean-Claude Carrière atravessam 5 mil anos de história do livro em uma discussão erudita e bem-humorada, sábia e subjetiva, dialética e anedótica, curiosa e de bom gosto. Na conversa entre os autores, intermediada pelo jornalista Jean-Philippe de Tonnac, a intenção não é apenas entender as transformações anunciadas pela…

Power Point = Inimigo ?

Imagem
O TiagoDF, colaborador do blog Educomunicação, de Portugal, sugeriu como leitura uma matéria recente do New York Times sobre o impacto do Powerpoint nas campanhas militares dos EUA. O título é: "We Have Met the Enemy and He Is PowerPoint" ,foi escrito porElisabeth Bumiller e publicado em 26 de abril (2010).Tiago destaca alguns trechos:
A imagem do power point mostra a complexidade da estratégia norte-americana no Afeganistão.

"O Powerpoint faz-nos estúpidos", disse este mês numa conferência militar na Carolina do Norte o General James N. Mattis dos Fuzileiros (Falou sem Powerpoint). O Brigadeiro-General H. R. McMaster, que baniu as apresentações de Powerpoint quando comandou os esforços bem sucedidos para controlar a cidade iraquiana da Tal Afar em 2005, foi o seguinte na mesma conferência, comparando o Powerpoint a uma ameaça interna. (...)
"É perigoso porque pode criar a ilusão da compreensão e do controlo", afirmou o General McMaster numa entrevista por t…

Jogos eletrônicos como "recurso didático"

Imagem
A dica (e imagem) é do do blog Mídias na Educação (NCE/USP):

Os jogos eletrônicos podem ser usados como "recurso didático"? Para o game brasileiro SPRACE, que procura trabalhar certos conteúdos de Física, a resposta é sim.

Para conhecê-lo um pouco mais, leia matéria do UOL Jogos (aqui), que descreve a proposta. E se você quiser conhecer o site do projeto e fazer o download gratuito do jogo, basta clicar aqui.

Em defesa do midiaeducacdor

Compartilhando slides de Isabel Santos para que todos possam conhecer um pouco mais sobre o educador italiano Pier Cesare Rivoltela.27042010 grupo 05 tr 24 isabel pereira santosView more presentations from Isabel Santos.

Síntese Referencial da Educomunicação

Apresentação de Marciel Consani no SlideShare sobre Educomunicação. Obrigada por compartilhar!SíNtese Referencial Da EducomunicaçãOView more presentations from Nas Ondas do Rádio.

Educomunicação - conceitos fundamentais

Apresentação de Grácia Lopes Lima, do Instituto Gens, sobre Educomunicação. Obrigada por compartilhar Grácia!Educomunicação - conceitos fundamentaisView more presentations from Grácia Lopes Lima.

Educomunicação é tudo de bom!

Compartilhando a apresentação da aluna Carmen Lúcia, que estava em SlideShare, sobre Educomunicação. Valeu Carmen!Educomunicação é tudo de bom!View more presentations from videoparatodos.

Dicas de segurança do mundo digital para pais e jovens

Como usar de forma segura a internet, o celular, a televisão e o videogame?
A cartilha “Dicas de Uso Seguro das Telas Digitais”, produzida pelo Portal EducaRede/Fundação Telefônica, a partir da pesquisa “Gerações Interativas”, traz dicas de segurança para pais e jovens. Ela também dá dicas de sites legais com o tema segurança:Campanha Nacional de Combate à Pedofilia na Internet
www.censura.com.br/denunciar.htmSaferNet Brasil – Promovendo o uso seguro das Tecnologias da Informação
www.denunciar.org.br
Internet Responsável
www.internetresponsavel.com.br
Navegue Protegido na Internet
www.navegueprotegido.com.br
SaferNet – Dicas de navegação
www.safernet.org.br/site/prevencao/cartilha/safer-dicasPara acessá-la, basta clicar aqui!Fonte: Educarede e Todos pela Educação

Vem aí o II Seminário do Livro e da Leitura no Brasil

Imagem
A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados e a Frente Parlamentar Mista da Leitura no Congresso Nacional promovem na próxima quinta-feira (20/05) o II Seminário do Livro e da Leitura no Brasil, que terá como tema “Estado e sociedade: a leitura na era do livro digital”.

O evento terá quatro painéis de debates, que abordarão os seguintes temas: "Políticas Públicas para o livro e a leitura"; "Leitura e educação na era do livro digital"; "O mercado editorial da era do livro digital"; e "Direitos autorais na era do livro digital". Será realizado das 9h às 17h, no Auditório Nereu Ramos, Anexo II da Câmara dos Deputados.
“Realizamos o primeiro seminário em 2008 (FOTO), quando discutimos as políticas públicas para o livro e a leitura no Brasil. A partir do primeiro encontro, retomamos as negociações entre poder público e setor privado para a criação do Fundo Setorial Pró-Leitura, cujo projeto de lei deve ser encaminhado pelo Governo ao Congr…

Vocabulário em rádio

O pessoal que está fazendo o curso Mídias na Educação, do MEC, em parceria com universidades brasileiras tem acesso ao site do curso e blogs dos vários educadores espalhados no país. Sobre rádio o NCE\USP disponibilizou um texto sobre vocabulário de rádio que está disponível no blog Mídias na Educação. Reproduzimos aqui para compartilhar.
FREQUENCIA
O substantivo feminino frequencia exprime a noção de regularidade, repetição sistemática de um som ou comportamento. Na física, chama-se frequência a repetição de um ciclo periódico de uma onda sonora por unidade de tempo.

No processo de difusão do sinal sonoro, utilizado pelas rádios, a onda portadora é aquela que carrega o som. No caso da transmissão em AM, a frequencia não sofre variações, sendo a oscilação da amplitude da onda portadora a responsável pelo desenho da onda sonora. Já FM é a forma de transmissão de um sinal sonoro na qual a variação do sinal é desenhada pela oscilação de frequência. É a variação de frequencia que vai deter…

Só lembrando!!!!

3 de maio é o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Educação para a comunicação social

Imagem
Reproduzo abaixo texto do professor Manuel Pinto, de Portugal, que muito tem contribuído para nossa reflexão sobre a relação Mídia-Educação.

Desafio: Contar os pontos pretos

Texto de Manuel Pinto/ Educomunicação
Porquê "Educação para a Comunicação Social"? Foi esta a pergunta que deixei em suspenso, no post do passado dia 28. Aqui fica um primeiro ensaio de resposta. Telegráfico, como um post costuma ser.

Educação para os Media já era um conceito corrente lá fora, nomeadamente na Europa e na Austrália. "Media Education", "Éducation aux Médias" são designações de uso frequente desde pelo menos os anos 80. Na altura, em Portugal, não se pode dizer que fosse uma nomenclatura muito conhecida e, para ser franco, à medida que me fui embrenhando nestes assuntos, não era aquela que mais me agradava. Afinal, que sentido faz educar "para os media"? Para todos os media? Para o que quer que seja que os media façam e difundam? Tem cabimento tomar os m…

Grupo de pesquisadores cria centro de investigação em Mídia e Educação e revista na França

Uma equipe de investigadores, em sua maioria franceses, acaba de criar uma revista científica, com lançamento do primeiro número em outubro, e um Centro de Estudos sobre os Jovens e a Mídia.

O primeiro encontro do grupo se realizou em abril, na Sorbonne, em Paris.Os pesquisadores são ligados às ciências da comunicação e da informação e têm como objeto "a educação para mídia e as práticas midiáticas dos jovens".

Os objetivos, além de congregar os investigadores, visa valorizar a investigação universitária e as práticas educativas; proporcionar um espaço de trocas e de partilha; colocar à disposição dos editores e da imprensa, dos jornalistas e também dos docentes, formadores e educadores e de estudantes diferentes tipos de recursos. Quer ainda ser "um espaço de diálogo com os numerosos atores públicos e privados que intervêm no domínio da educação para a mídia.

A revista sairá com a chancela das edições de l'Harmattan e terá por título "Jeunes et Médias, …