Postagens

Mostrando postagens de 2011

Para Entender as Mídias Sociais

Imagem
"Para entender as mídias sociais" é nome de um e-book e também de um blog homônimo que foi produzido de forma colaborativa por professionais e pesquisadores da área. Você pode baixar o e-book pelo Issuu, 4shared, Scribd ou Slideshare. O e-book é gratuito, possui textos curtos que abordam temas transversais ao universo das redes de relacionamento e o objetivo é estimular o debate e o compartilhamento de boas práticas.


Para fazer download do e-book, basta clicar aqui: http://paraentenderasmidiassociais.blogspot.com/2011/04/download-do-ebook-para-entender-as.html

Direito à comunicação é destaque entre as propostas na 2ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude

Imagem
Por Paulo Lima Entre as 26 propostas, resoluções e moções aprovadas na 2ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude destacam-se algumas ligadas ao exercício ao direito humano à comunicação.
No eixo 1, Desenvolvimento Integral, por exemplo, a proposta 6 trata da criação e implementação do Plano Nacional de Comunicação e Juventude que contemple a “criação e ampliação de Centros de Comunicação Popular, Telecentros, pontos de acesso público e o fomento da produção de mídias alternativas como: programas de rádio, TV, mídias impressas, rádios escolares e comunitárias, internet etc., com prioridade para os/as jovens como proponentes e produtores, incentivando preferencialmente mídias produzidas a partir da metodologia de educomunicação, garantindo a expansão do acesso e a inclusão digital no campo e na cidade, ampliando o sinal de internet (banda larga) e telefonia, valorizando a cultura regional e garantindo a formação de educadores da rede pública para tratar dessa questão nas …

YouTube lança serviço exclusivo para escolas

Imagem
YouTube for Schools vai reunir vídeos educativos de temas como história e matemática, filtrando conteúdos que são considerados motivos de distração dos alunos.
São Paulo - O YouTube lança uma ferramenta, o YouTube for Schools, que ajuda professores e estudantes no aprendizado. O portal reúne vídeos educativos de temas como história e matemática e filtra conteúdos que são considerados motivos de distração dos alunos.
Ele foi criado por causa da demanda de professores e escolas dos Estado Unidos. "O YouTube para as escolas é uma solução técnica para permitir que as escolas que possuem acesso restrito ao YouTube acessem", diz Angela Lin, chefe do YouTube EDU. 

Para ajudar a equilibrar o conteúdo, o YouTube trabalhou com professores e 600 organizações, como o Smithsonian e TED para selecionar o conteúdo disponível. Há também mais de 400 playlists classificadas por disciplinas.

Os professores podem sugerir novas listas e comentários para ajudar a integrar ainda mais o YouTube em sala…

Livros de Educomunicação podem ser baixados gratuitamente em site da rede CEP

Imagem
Você sabe o que é Educomunicação? Para que você conheça o conceito e veja se pode realmente chamar o que faz de Educomunicação ou considerar-se um Educomunicador, que tal baixar gratuitamente livros de Educomunicação no site da Rede CEP (Rede de Comunicação Educação e Participação)?!
Você pode ter acesso às seguintes obras:
1 -EDUCOMUNICAR - Comunicação, Educação e Participação no desenvolvimento de uma educação pública de qualidade
A Rede CEP, com apoio do Instituto C&A e do Unicef, lançou a publicação “Educomunicar:Comunicação, Educação e Participação no desenvolvimento de uma educação pública de qualidade”. Trata-se de uma coletânea de relatos de experiências das organizações da rede, e dos desafios que elas encontram para sensibilizar o poder público da importância da comunicação, educação e participação na construção de políticas.
2 -MÍDIA E ESCOLA - Perspectivas para Políticas Públicas
Livro lançado pelo Unicef e Rede CEP (por Fernando Rossetti, com a colaboração de Alexandre Le …

Montevideo recebe ALAIC 2012 - XI Congresso Latinoamericano de Investigadores da Comunicação em maio

Imagem
Montevideo recebe ALAIC 2012 - XI Congresso Latinoamericano de Investigadores da Comunicação em maio. 


A Associação Latinoamericana de Investigadores de Comunicação (ALAIC) tem como missão promover o desenvolvimento da investigação da comunicação na América Latina e consolidar uma comunidade acadêmica que produza em condições de liberdade, qualidade e colaboração permanente.

Sua visão é ser um espaço plural e dinâmico institucional dedicado ao desenvolvimento crítico do conhecimento científico, assim como a produção, a discussão e a difusão do pensamento sobre a comunicação na e sobre a América Latina.


Os grupos temáticos são:



GT 1 - Comunicación Intercultural y Folkcomunicación GT 2 - Comunicación Organizacional y Relaciones Públicas GT 3 - Comunicación Política y Medios GT 4 - Comunicación y Educación GT 5 - Comunicación y Salud GT 6 - Economía Política de las Comunicaciones GT 7 - Estudios de Recepción GT 8 - Comunicación Popular, Comunitaria y Ciudadanía

Sur le journalisme – About Journalism – Sobre jornalismo

Imagem
Nova revista científica internacional, intitulada Sobre jornalismo, será lançada em 2012. Sobre jornalismo é um periódico peer-reviewed, de acesso livre, com versões electrônica e impressa. O dossiê que integra a primeira edição abordará a entrevista qualitativa de pesquisa com jornalistas.


A chamada de trabalhos está aberta para dois temas:
-As fontes e os fluxos de noticias
Coordenadores : Eric Lagneau, Jérémie Nicey, Michael Palmer, Franck Rebillard.
As novas formas da imagem sobre atualidade
Coordenadores : Annelise Touboul et Jean-François Tétu


Os editores da revista são: François Demers (Université Laval, Canada), Florence Le Cam (Université Libre de Bruxelles, Belgique), Fabio Pereira (Universidade de Brasilia, Brasil) e Denis Ruellan (Université de Rennes 1, France).


Informações: http://recherche.telecom-bretagne.eu/labo_communicant/surlejournalisme/?cat=39

Educomunicação ainda não é valorizada para combater evasão no ensino médio

Imagem
Portal Aprendiz - Desirèe Luíse (05/12/2011)

Apesar do avanço, na última década, do uso de linguagens de comunicação na educação, a chamada educomunicação ainda não é valorizada pela maioria das escolas e secretarias de ensino no país. A conclusão é de um debate do III Encontro Brasileiro de Educomunicação, realizado na Universidade de São Paulo (USP), na última semana.

"Na educação formal é mais difícil a educomunicação estar presente. Já a não formal é mais flexível para abarcá-la. Gostaria que escolas e secretarias sentissem que ela é muito importante para combater a evasão. A entrada do aluno na escola é quase universalizada, mas a saída é o problema”, analisou o secretário-executivo da Rede Comunicação, Educação e Participação na Escola e na Comunidade (CEP), Alexandre Sayad.
Mais de quatro mil escolas do Mais Educação – programa do governo federal de educação integral – escolheram o “trabalho de jovem com mídia” na hora de compor seus currículos optativos, no contraturno das a…

Especialização lato sensu em Educomunicação na ECA/ USP

Imagem
O novo Curso dirige-se a profissionais de nível superior das diferentes áreas do saber, capacitando-os para, a partir de um planejamento articulado das diversas mídias, compor estratégias globais de Educomunicação

Os profissionais interessados em especializar-se na área de Educomunicação terão agora uma nova opção: o Curso de Especialização em Educomunicação, oferecido pelo Departamento de Comunicações e Artes (CCA) daUniversidade de São Paulo. O curso, com duração de três semestres, começa a partir de março de 2012 e disponibiliza 60 vagas, dependendo para isso apenas da aprovação da Reitoria da USP. A sua versão final aprovada será divulgada assim que for acatada pelos órgãos competentes da USP. No entanto, a apresentação do Programa do Curso se dará no III Encontro Brasileiro de Educomunicação, a realizar-se no próximo dia 02 de dezembro, ocasião em que realizaremos a pré-inscrição dos interessados. Parta tanto, você deverá se inscrever no evento, através do site www.cca.eca.usp.br/…

Revista Dois Pontos

Imagem
Dica do blog Mídias na Educação, do NCE/USP:
Revista Dois Pontos é uma publicação eletrônica de caráter mais geral sobre a educação. No último número, há algumas matérias interessantes que se relacionam com o universo das mídias. Uma discute a relação dos jovens com as redes sociais e outra a "twitteratura". Além dessas reportagens, há uma matéria sobre o educador Paulo Freire. A revista pode ser vista neste link

Fonte: http://midiaseducacao.blogspot.com/2011/11/revista-dois-pontos.html

Limites entre informação e entretenimento

Compatilhamos abaixo análise do pesquisador Fábio Ribeiro, da Universidade do Minho, Portuigal, sobre o conceito de'infotainment' a partir de um fato que aconteceu em Portugal na última semana de novembro e como se deu a cobertura jornalística do mesmo: a candidatura do fado a Patrimônio Imaterial da Humanidade. Vejam abaixo o texto e reflitam a respeito!

Por Fábio Ribeiro - Universidade do MinhoUma das questões mais sublinhadas pela literacia mediática consiste na distinção clara das fronteiras entre determinados conteúdos que os media, neste caso o jornalismo, promovem e difundem. Concorrendo justamente para a ideia de uma literacia da informação, tive recentemente uma discussão prolongada com um familiar sobre um ponto que pode perfeitamente encaixar-se neste tema.


Por cá, na última semana, decorreu uma [extensiva] cobertura mediática sobre a candidatura do fado a Património Imaterial da Humanidade. Televisões, rádios, imprensa e edições jornalísticas online trabalharam afinc…

Um novo realismo

Imagem
Por Ferreira Gullar

Quem, como eu, admite que a vida é inventada e que a arte é um dos instrumentos dessa invenção terá do fenômeno artístico, obrigatoriamente, uma visão especial.

Não é só através da arte que o homem se inventa e inventa o mundo em que vive: a ciência, a filosofia, a religião também participam dessa invenção, sendo que cada uma delas o faz de maneira diferente, razão por que, creio, foram inventadas.

Se a filosofia inventasse a vida do mesmo modo que a ciência ou a religião o faz, não haveria por que a filosofia existir.

A conclusão inevitável é que todas elas são necessárias, ainda que cada uma a seu modo e sem a mesma importância para as diferentes pessoas. E o curioso - para não dizer maravilhoso - é que, de alguma maneira ou de outra, a maioria das pessoas, senão todas, usufrui, ainda que desigualmente, de cada uma delas.



A arte é exemplo disso. Não importa se esta ou aquela pessoa nunca viu a Capela Sistina, porque, no dia em que vir, se renderá à sua beleza. Isso va…

O projeto Mídia Jovem é selecionado para concorrer ao Prêmio ANU 2012

O Mídia Jovem - projeto desenvolvido pelo Instituto Recriando com o apoio do Governo de Sergipe e apoio do Oi Futuro, que utiliza a metodologia da Educomunicação para transmitir aos educandos técnicas de confecção de produtos midiáticos, além de estimular entre os adolescentes e jovens discussões sobre temas relevantes para a formação da cidadania - está concorrendo na seletiva estadual para o Prêmio ANU 2012. O projeto foi uma das mais de 30.000 ações inscritas em todos os Estados do Brasil, mais o Distrito Federal. Em Sergipe O Mídia Jovem concorre com mais quatro projetos que participarão da votação popular no site do evento. Entre os dias 25 de novembro e 30 de dezembro, essas cinco ações estão disponíveis a votação popular online através do sitePrêmio ANU. No dia 31 de dezembro ao meio dia, será divulgada a instituição mais votada de cada Estado. Essas instituições já recebem o prêmio Anu Dourado. Nesta mesma data, as 27 finalistas concorrem à votação popular para a melhor ação nac…

Constituyen Instituto Latinoamericano de Comunicación para el Desarrollo

Asunción, Paraguay, 28 de noviembre (OCLACC).- Con la finalidad de promover en América Latina una comunicación para el cambio social y el desarrollo humano integral, un grupo importante de comunicadores del continente constituyó el Instituto Latinoamericano de Comunicación para el Desarrollo. Dicho evento se dio en el marco del exitoso I Foro de Comunicación para el Desarrollo, que tuvo lugar, en la capital paraguaya, del 24 al 25 de noviembre.


La primera Comisión Directiva quedó conformada de la siguiente manera: Presidente Honorario un paraguayo paradigmáticamente importante en el mundo de la cultura y la comunicación: Juan Díaz Bordenave. Presidente en ejercicio: Washington Uranga (Argentina). Los demás integrantes, Anamaría Rodríguez (Colombia), Pepe Arevalo (Perú), Gerardo Lombardi (Venezuela - ALER), Thomas Tufte (Dinamarca) y Rogelia Zarza (Paraguay), en la Dirección General.

Según don Juan Díaz Bordenave, La comunicación es un derecho fundamental inherente a todo ser humano y, l…

CHILDREN NEED MORE HELP TO BLOCK ONLINE THREATS SAYS EUROPEAN INTERNET STUDY

Internet companies should provide more ways for children to block, filter or report alarming online content and contacts, recommends a new study for the European Commission.


The report suggests that both children and parents are reassured when given tools to take action against online dangers such as bullying, sexual content and intrusive strangers. Yet they often don’t use the options available (including online safety advice or the so-called ‘panic buttons’ operated by social networking sites) and the industry could do more to promote their use.


More than 25,000 children from across Europe (and one of their parents) were interviewed for the study, EU Kids Online, based at the London School of Economics and Political Science and funded by the Commission’s Safer Internet Programme.
The study revealed that while 70 per cent of parents talk to their children about what they do on the internet and more than half offer practical advice and support, relatively few use technical tools to help.…