Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Biblioteca: seja bem-vindo

Imagem
Biblioteca + Escola + Mídia. Que combinação é essa? Compartilhamos entrevista feita pela RevistaPontoCom para reflexão! “O papel do bibliotecário é acima de tudo incentivar as práticas de trabalho voltadas para a formação do público leitor, lutando para transformar o aluno em um adolescente/adulto leitor. Ele é um mediador de leitura, já que instiga no aluno o desejo pelo livro, e ajuda a desenvolver a capacidade informacional do aluno dentro do ambiente escolar”, destaca Marília Dias. Marília Dias adora livros. O gosto é tão grande que ela trabalha diretamente como eles. Seguiu a carreira de biblioteconomia e desde então resolveu trabalhar em bibliotecas escolares. Sua paixão é uma só: conquistar a atenção de professores e alunos e incutir-lhes  o gosto pela leitura e, consequentemente, pela escrita. Para isso, ela não para de pensar e redigir projetos. Acredita que a sua função soma-se à do professor no sentido de oportunizar aos estudantes a entrada no mundo da leitura. Em entrevista …

Fórum Desafios do Magistério - Sentidos da Educação que se comunica: Olhares da Mídia

Imagem
No dia 19 de sembro, no Centro de Convenções da Unicamp, acontece o Fórum Desafios do Magistério, com o tema Sentidos da Educação que se comunica: Olhares da Mídia. Uma promoção do Programa Correio Escola Multimídia do Grupo RAC de Comunicação, com apoio da Faculdade de Educação e Associação de Leitura do Brasil (ALB). 
Temos o prazer de participar da Mesa -Redonda 'A Mídia na Escola' e aproveitamos para convidar os colegas de Campinas e região para prestigiarem o evento. Vejam abaixo a programação completa e como fazer sua inscrição.

PROGRAMAÇÃO
9h – Abertura Profa. Dra. Carmen Zink Bolonhini – Assessora da Coordenadoria Geral da Universidade
Prof. Dr. Luiz Carlos de Freitas – Diretor da Faculdade de Educação da Unicamp
Cecília de Godoy Camargo Pavani – Departamento de Educação da RAC
Prof. Dr. Antonio Carlos Rodrigues de Amorim – Presidente da ALB
9h30 – Palestra: “Novas mídias, leitura e prática docente” Profa. Ma. Cyntia Andretta – PUC-Campinas
10h30 – Pausa para o café









11h – Pale…

A internet em 1 minuto

Imagem
O que pode acontecer em 1 minuto? Muita coisa. Os números abaixo mostram a frenética interatividade humana na rede! E, se parecem absurdos, acredite: a tendência é que cresçam a cada ano! Em 1 minuto: 204 milhões de e-mails são enviados ao redor do mundo100 mil novos tweets são postados no miniblog320 novas contas são abertas no Twitter100 novas contas são criadas no Linkedin277 mil pessoas se logan no Facebook6 milhões de pageviews no Facebook1.3 milhões de vídeos são vistos no YoutubeMais de 2 milhões de termos são procurados no Google6 novos artigos são publicados no Wikipedia3 mil fotos são postadas no FlickrVeja abaixo mais números (em inglês) Em 1995 os usuários da rede somavam um total de 45.1 milhões de pessoas, em 2009 esse número chegou a 1.73 bilhões de internautas ao redor do mundo. Atualmente somos 1.97 bilhões de usuários na rede! Imaginem o que isso representa em cifras ($$$). Para ilustrar, podemos tomar como exemplo o Amazon.com, que vende, por minuto, 83 mil dólares, ou a…

Educomunicação é proposta como política pública ao governo do DF

Imagem
No decorrer do 1º Seminário de Comunicação Pública do Distrito Federal (#ComunicaDF), 358 representantes da sociedade civil, estudantes e profissionais dessa área de atuação compuseram 24 propostas para guiar o governo do DF na democratização de suas políticas comunicacionais. Concluído no último sábado (18), o evento resultou neste documento, listando 12 proposições prioritárias, que foram as mais votadas pelos participantes. Em uma das prioridades, pode-se ler: “Tornar a educomunicação uma política pública de Estado, garantindo sua inscrição no currículo oficial de educação como prevê a lei orgânica do DF”. No vídeo abaixo, Agnelo Queiroz, governador distrital, explica a ideia por trás do #ComunicaDF. (http://www.comunica.df.gov.br/)


Fonte: http://www.ncep.ufpr.br/novo/?p=1532


Obs: E é com alegria que digo que fiz parte do grupo de trabalho que redigiu essa proposta e estive no palco, defendendo-a e lutando pela Educomunicação!!!! Agora é batalhar para que vire realidade por aqui!

Educomunicação é destaque da Revista NeoMundo sobre a Rio+20

Imagem
A prática educomunicativa e sua estreita relação com a educação ambiental, esta foi a abordagem da ECA-USP em sua participação na Rio+20, divulgando a Educomunicação como uma nova proposta de mobilização dos diferentes segmentos populacionais em torno de propostas como a construção de uma sociedade sustentável. Clique na imagem para ler o artigo completo: Fonte: CCA/ECA/USP (http://www.cca.eca.usp.br/cca_noticia/1575)

Entrevista a Roberto Aparici

Imagem
Internet, las tecnologias digitales, las plataformas participativas, etc. comienzan a hacer visibles las contradicciones del actual modelo educativo. Roberto Aparici, experto en comunicación educativa, plantea la necesidad de un cambio que no pasa tan solo por la implantación de nuevas tecnologías, sino por una educación fundamentada en paradigmas participativos, en la construcción del conocimiento colectivo y en el acceso a las herramientas que permitan interactuar con esta hibridación de lenguajes en el contexto de convergencia mediática en el que nos encontramos. El cambio, según Aparici, es urgente y necesario para no convertir a la sociedad en analfabeta funcional de estos nuevos lenguajes. Esta entrevista es un complemento de todo lo debatido en la ultima sesión I+C+i dedicada a la Educación Expandida. Esperamos tus comentarios, tus ideas y tu participación.
Para acessar a entrevista: http://www.cccb.org/icionline/entrevista-a-roberto-aparici/

Ensinem jornalismo às crianças

Imagem
Por Gilberto Dimenstein

Isadora Farber tornou-se, em poucos dias, uma pequena heroína da educação brasileira. Com sua página na internet, chamou atenção nacional para os problemas de sua escola pública em Florianópolis e, até ontem de manhã, já tinha quase 150 mil seguidores. Diante da repercussão nacional, o poder público decidiu reformar a escola.

Ter 150 mil seguidores no Facebook, quando se tem 13 anos de idade, já é muito difícil. Ter tudo isso falando de educação, posso assegurar que é um case mundial do uso das redes sociais para melhorar o ensino.

Temos aí uma lição, que venho observando há muitos anos: a importância de ensinar as crianças e jovens a lidar com os meios de comunicação, produzindo conteúdos.

É um ótimo gancho para se trabalharem outras matérias, muitas delas desconectadas do cotidiano. Desenvolve-se a capacidade de síntese e de expressão --além da língua portuguesa. É um jeito de gerar jovens mobilizadores para problemas comunitários.

Para completar, o ensino da mídi…

Mídias na Educação - Relatos de pesquisa e formação

Imagem
Compartilhamos abaixo, a partir do Blog Mídias na Educação, da ECA/USP, os resumos de algumas monografias de conclusão do curso Mídias na Educação. As próprias concludentes escrevem sobre seus trabalhos! Boa leitura!


Twitter e Educomunicação
Patrícia Lopes* 

Ingressei no Mídias em 2006 e em 2011 comecei a escrever a 
monografia. O tema escolhido por mim tinha relação com a 
prática pedagógica e a educomunicação.

O mais difícil foi refletir sobre a própria prática, analisar o 
projeto como pesquisadora e fundamentá-lo para realizar o
estudo de caso com linguajar acadêmico.

Escolhido o problema: “Verificar se o uso da Rede Social 
Twitter auxiliou o trabalho pedagógico” (num projeto 
didático realizado), houve um processo de investigação 
visando analisar a questão da socialização e os avanços 
no processo de ensino-aprendizagem.

Ao longo da orientação percebi que ampliei minha visão 
quanto à reflexão da prática, antes, durante e após o 
processo, mantendo uma construção acadêmica constante 
atravé…